domingo, 12 de abril de 2015

Protesto em Natal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Curtir Twittar Promover

terça-feira, 7 de abril de 2015

Astrônomos flagram detalhes inéditos de um ‘Anel de Einstein’ no espaço

 

Imagem de galáxia distante foi ampliada e deformada pela gravidade de outra mais próxima até ficar com a aparência de um círculo

 

Astrônomos usaram o observatório Alma, localizado no Deserto do Atacama, no Chile, para flagrar detalhes inéditos de uma rara “joia cósmica”. Conhecida como “Anel de Einstein”, ela é forjada pelo fenômeno das lentes gravitacionais - previsto pela Teoria da Relatividade Geral, publicada pelo físico alemão Albert Einstein há um século -, em que a gravidade de um objeto mais próximo da Terra amplia e distorce a luz emitida por um mais distante. No caso, a imagem de uma galáxia longínqua, batizada SDP.81, foi deformada a tal ponto pela gravidade de uma mais próxima que adquiriu a aparência de um círculo quase completo.

Localizada a 12 bilhões de anos-luz da Terra, a SDP.81 se formou ainda na infância do Universo e é vista quando ele tinha apenas cerca de 15% da idade atual, 13,8 bilhões de anos. Antes de chegar até nós, no entanto, sua luz passa perto de uma gigantesca galáxia relativamente mais perto, a uma distância de 4 bilhões de anos-luz, e é graças principalmente à ampliação que sofre por esta lente gravitacional que ela pode ser observada.

- As lentes gravitacionais são usadas na astronomia para estudar o Universo muito distante porque elas dão um impressionante aumento no poder dos nossos melhores telescópios – conta Catherine Vlahakis, cientista do projeto Alma. - Com o incrível nível de detalhamento destas imagens do Alma, os astrônomos poderão rearranjar as informações contidas na imagem distorcida do que veem como um anel para reconstruir a imagem real desta galáxia distante.

As imagens da galáxia SDP.81 foram captadas em outubro de 2014 como parte da Campanha de Rede Ampla do Alma, programa que visa testar e verificar a maior resolução possível de ser atingida pelo observatório, quando suas mais de 60 antenas são posicionadas na separação máxima de 15 quilômetros, atuando em conjunto como se fossem uma enorme antena com este diâmetro. As imagens da galáxia foram obtidas pela observação da relativamente brilhante radiação emitida por sua poeira cósmica, assim como as tênues assinaturas moleculares de monóxido de carbono e água nela presentes.

- A primorosa quantidade de informação contida nas imagens do Alma é incrivelmente importante para nossa compreensão sobre as galáxias no Universo primordial – diz a astrônoma Jacqueline Hodge, do Observatório Nacional de Radioastronomia dos EUA e integrante da equipe responsável pelo flagrante do “Anel de Einstein”, cujos dados serão publicados no periódico científico “Astrophysical Journal”. - Os astrônomos usam programas de computador sofisticados para reconstruir a real aparência de galáxias vistas por lentes gravitacionais. Desatar as distorções produzidas pela lente gravitacional nos permitirá estudar o real formato e movimento interno desta galáxia de uma forma mais clara do que foi possível até agora.




Curtir Twittar Promover

terça-feira, 7 de abril de 2015

Cruzeiros de rio são ideais para curtir o interior da Europa

 

A temperatura promete subir na Europa nos próximos meses e, para curtir de verdade as paisagens do Velho Continente sob um clima agradável, nada melhor do que embarcar em um dos muitos navios que viajam pelos rios da região.

As possibilidades são inúmeras: nos próximos meses, diversos cruzeiros irão explorar rios como o Danúbio, Reno e Sena, atravessando capitais, vilas e paisagens rurais de países como Áustria, Alemanha, França, República Tcheca e Hungria. 

E há opções para todas as agendas, com viagens com duração entre sete e 19 noites. 

Este roteiro, feito pela empresa de cruzeiros de rio Avalon Waterways, passa por algumas das mais lindas paisagens da França. Depois de sair de Paris pelo rio Sena, o navio Avalon Creativity segue para Rouen e Caudebec-en-Caux. A embarcação retorna a Paris e depois segue para as cidades de Lyon, Avignon e Arles, passando pelo rio Ródano. A jornada tem duração total de 15 noites e será realizada periodicamente nos próximos meses: 19 de maio, 2 de junho e 30 de junho são algumas das datas das partidas. 

Se o tempo estiver apertado, mas a vontade de fazer um cruzeiro na França for irresistível, saiba que a Avalon Waterways oferece um roteiro mais curto pelo território gaulês. É possível fazer uma viagem de apenas sete noites entre Paris e as paisagens de Rouen (na foto) e Caidebec-en-Caux, na Alta Normandia. Um dos atrativos mais interessantes da jornada é conhecer paisagens rurais do Sena, rio quase sempre associado ao centro urbano da capital francesa. Este cruzeiro será realizado mensalmente até outubro.

Entre junho e outubro, a empresa de cruzeiros fluviais AmaWaterways irá realizar diversos cruzeiros pelos rios da Alemanha, Áustria e Hungria. Um dos roteiros da companhia sai da cidade alemã de Nuremberg e visita, durante sete noites, destinos como Regensburg, Linz, Passau e Viena. As jornadas terminam no trecho do rio Danúbio que cruza a encantadora

cidade húngara de Budapeste (na foto). Estes cruzeiros serão feitos com o navio AmaDolce. 

A companhia AmaWaterways também realiza, no final deste mês de abril, um cruzeiro fluvial entre a Holanda e a Bélgica. As viagens, feitas com o navio AmaLyra, terão início em Amsterdã (na foto) e passarão por destinos como Edam, Volendam, Arnhem, Antuérpia, Bruges e Ghent. A duração de cada cruzeiro é de nove noites, e todas as jornadas terminam na própria cidade de Amsterdã. As próximas saídas são nos dias 14, 21 e 28 de abril.

E que tal fazer um cruzeiro pela "terrinha" nos próximos meses? A companhia Viking River Cruises realiza, até dezembro deste ano (e em várias datas de 2016), diversas jornadas pelas lindas paisagens que cercam o rio Douro, visitando destinos portugueses como Porto (na foto), Pinhão e Peso da Régua. O navio Viking Torgil será a embarcação que levará os passageiros nas viagens, que terão duração de nove noites. 

A companhia de cruzeiros de rio Avalon Waterways oferece um roteiro atrativo para quem pensa em passar grande das férias dentro de um navio. A partir de 25 de agosto deste ano, a empresa fará uma viagem de 19 noites com início em Praga (República Tcheca, na foto) e paradas programadas em Nuremberg (Alemanha), Regensburg (Alemanha), Viena (Áustria), Budapeste (Hungria), Belgrado (Sérvia) e Bucareste (Romênia). A beleza do rio Danúbio é um dos destaques da viagem. 

Até novembro deste ano, a companhia de cruzeiros fluviais Uniworld Boutique River Cruises opera diversos cruzeiros entre a cidade suíça de Basileia e a metrópole holandesa de Amsterdã. No trajeto, estão programadas paradas em destinos como Colônia (na foto), onde os turistas poderão ver o rio Reno cercado por um das mais importantes cidades da Alemanha. A viagem tem duração de sete noites. 

 

Curtir Twittar Promover

terça-feira, 7 de abril de 2015

Cientistas criam computador menor que um grão de arroz

 

Batizado como M^3, o dispositivo mede um milímetro cúbico e poderá ser usado em aplicações para Internet das Coisas

A Internet das Coisas é um mundo no qual objetos comuns do cotidiano possuem inteligência. Como uma torradeira, uma máquina de lavar ou a fechadura de uma porta. Todas essas coisas, um dia, terão circuitos integrados para poderem “conversar” em uma rede — disse Dag Spicer, curador do Museu da História do Computador, ao site Cnet.

Apesar do tamanho, o M^3 pode tirar fotos, ler e gravar temperatura e pressão. Os pesquisadores acreditam que ele poderá ser implementado em diversas aplicações de diversos campos, como o setor médico e industrial. Por causa de sua dimensão, o pequeno computador pode ser inserido no corpo humano para monitorar a situação de pacientes. A indústria de petróleo também está interessada no M^3 para o monitoramento de poços.

Para reduzir o consumo de energia, os sensores do M^3 são ativados periodicamente, de forma automática, para gravar e enviar os dados. Durante o período de inatividade, o computador quase não utiliza eletricidade.

Os pesquisadores acreditam que o pequeno computador poderá estar, em um futuro breve, em praticamente todos os objetos. Será possível, por exemplo, localizar dentro de uma casa qualquer objeto que possua o dispositivo instalado.

Sem portas para teclados, mouses ou monitores, o M^3 é programado e carregado via luz. Ao piscar luzes estroboscópicas em alta frequência, o operador pode enviar informações para o computador. O Micro Mote processa os dados e depois envia as informações para um computador central via sinais de rádio convencionais que estejam num raio de 2 metros de distância, mas protótipos já alcançam 20 metros.

O que a pessoas não percebem é que grande parte do volume de um computador em um telefone celular é consumido pela bateria — disse David Blaauw, professor de Ciência da Computação na Universidade de Michigan. — Então, retirando a fonte de energia, nós podemos reduzir o tamanho da bateria e diminuir o tamanho de todo o sistema.

O M^3 já está pronto para produção, e a equipe de cientistas já está desenvolvendo computadores ainda menores, que eles chamam de “poeira inteligente”. Não existe razão para não continuar avançando. Nós podemos chegar a um lado de centenas de micrômetros. E depois, poderemos colocar chips dentro de células — disse Dennis Sylvester, professor de Ciência da Computação na Universidade de Michigan.



 



Curtir Twittar Promover

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Habitada por Deuses, Caverna das Ninfas possui lago com água azul-turquesa

 

Redescoberta após um terremoto, a Caverna ganhou fama mundial por sua beleza idílica e por já ter sido 'habitada' por Deuses Gregos. Localizada na Ilha de Cefalônia, a enorme caverna possui mais de 3,5 mil metros de extensão e águas azuis-turquesa

 

A natureza está sempre surpreendendo a todos com sua perfeição e beleza única em locais inimagináveis. Já pensou em unir num só lugar as paradisíacas águas azuis-turquesa do Caribe e o encanto de cavernas milenares que já foram 'habitadas' por Deuses Gregos? A região de Melissani, na Grécia, se enquadraria perfeitamente nesta utopia.

Localizada na ilha de Cefalônia, a Caverna Melissani e seu lago interno de mesmo nome encantam turistas com suas águas cristalinas que variam entre o azul-turquesa e o verde-esmeralda. Com 3500 metros de extensão e 40 metros de largura, a caverna é dividida em duas áreas, sendo que a primeira é a mais bela e famosa.

O trecho inicial foi premiado com um enorme buraco no teto de onde incide os raios solares sobre a água pintando-a com um intenso azul. Já no segundo trecho, a luz fica mais rara e as estalagmites e estalactites tomam conta da caverna e dão um ar sombrio ao local. Localizada na área transitória entre as duas grutas existe um antigo altar de oferendas ao Deus Pã que deu origem ao nome popular do local, "Caverna das Ninfas". Segundo a mitologia grega, as grutas eram habitadas por Deuses e suas belas mulheres que viviam num "paraíso dentro da Terra".

Este santuário natural foi redescoberto de forma curiosa durante um terremoto na região. Em 1951, o grego John Petrohelos tentava escapar de um forte tremor de terra, porém o chão cedeu durante sua fuga. O que parecia ser um enorme buraco aberto pelo terremoto era na verdade um paraíso escondido no subsolo da ilha.

Por estar localizada próxima ao Mar Adriático, as águas da caverna são salubres e vem da praia ao lado, conhecida como Fridi. Porém, o lençol freático que está abaixo da gruta também alimenta a piscina natural com suas águas doces. Como na caverna é proibido mergulhar por questões ambientais, os passeios são feitos por vários barquinhos de madeira que levam os turistas para um tour dentro das grutas. A visita é feita com um guia e dura cerca de 2h30.

Como chegar
Localizada na baia de Sami, a Caverna Melissani fica nas ilhas Jônicas. O local que possui uma população de 40 mil habitantes tem diversas opções de ligação com a área insular e continental da Grécia.

Partindo de São Paulo rumo a Atenas, os voos são operados pelas companhias internacionais Turkish, TAP, Lufthansa e Combo. As passagens aéreas custam a partir de R$ 2356 com duas escalas.

 

Curtir Twittar Promover